09/08/09

São dias...

Ontem de regresso a casa, depois de um dia bem passado na capital... vinha a pensar num conjunto variado de situações, mas todas levaram à mesma conclusão. A verdade é que mesmo não nos dando conta, tendemos mesmo a valorizar aquilo que não temos junto de nós.

Há poucos dias em conversa com uma prima, ela dizia-me que este ano ainda não tinha ido à praia (estando a meia dúzia de quilómetros dela). Claro que sei que tudo depende de pessoa para pessoa... mas não deixei de trocar dois dedos de conversa com os meus botões e confessar-lhes que dá Deus nozes a quem não tem dentes. Se calhar... se estivesse, como eu, a centenas de quilómetros da mesma, sentiria mais falta ou dava-lhe mais valor!

Já inúmeras vezes debati, com diferentes pessoas, as vantagens (e desvantagens) de viver em Lisboa. Dou sempre ao meu interlocutor o meu manancial de razões para gostar de dar um saltinho à capital, passar um ou dois bons dias a fazer o que não posso fazer aqui... mas que gosto bem mais deste sossego.

Claro, que não deixa de ser triste ter de sair daqui para ir ver finalmente o Harry Potter, porque só chega à província dois meses e meio depois da estreia. Claro que, se estivesse em Lisboa, era naturalmente uma adepta muito mais presente no estádio da Luz, mas talvez (não sei!) assim não pudesse encher a boca para dizer que passei um bom dia. Comprei mais economicamente três livros para acrescentar à lista em atraso, vi um filme que contava ter visto há um ano (!) e não me desiludiu nadinha (o Ron continua a ser um prato - acho a personagem muito bem conseguida!) e ainda pude gritar SEIS vezes GOOLO no meio de uma energia contagiante e perante uma boa exibição da minha equipa.

Venham mais...

4 comentários:

Marta disse...

Vens a Lisboa e nao dizes nada à prima??? NAO DIZES NADA??? Ao menos podias ir lá usar o wc, que mais nao fosse!!! Eu moro na rua de baixo!!! um copinho com agua, nao??? MAGUEI!!!

Cris disse...

Prima, não fiques triste...
Estava tudo planeado ao milímetro... e não dava para fazer visita decente. Fica para uma oportunidade com mais tempo!

beijoca grande

Jade disse...

Foi a primeira coisa que fiz quando cheguei a lisboa: ver o último Harry Potter. À Luz é que não. Aí não me apanhavam nem para ver os U2
Bj

Cris disse...

Eu andava a contar os dias... sou fã incondicional dos livros, que são de uma imaginação para além de cativante e também muito bem organizada, mas os filmes, mesmo que sem comparação, têm estado bem conseguidos.

Em relação à Luz, não comento o teu mau feitio! :)

Beijo